Daniel Máximo fala sobre as mudanças provocadas pela reforma trabalhista


← Voltar para as Notícias




Postado em 28 de janeiro de 2019 às 16:06


Proposta pelo Governo Federal com o objetivo de atualizar a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) , modernizar as relações entre empresas e funcionários, combater o desemprego e a crise econômica no país, a Reforma Trabalhista ainda gera muitas discussões sobre os impactos e reais benefícios que proporciona.


Por um lado, empregadores apoiam a reforma, alegando que promove maior flexibilidade nas negociações de contratos, enquanto parte dos trabalhadores defendem que as novas medidas aumentam a insegurança e diminuem os direitos dos profissionais. Mas você sabe quais foram as principais mudanças que ela causou no mercado de trabalho?

No Jornal Orlândia do Povo de hoje (28), recebemos o Advogado Dr. Daniel Máximo, e ele pautou os principais pontos (positivos e negativos) da reforma trabalhista.

Um ponto extremamente negativo é a limitação da indenização por danos morais aos trabalhadores . De acordo com as novas regras da Reforma Trabalhista ,esta indenização não ultrapassa 50 vezes o salário atual do trabalhador.

Outro ponto que desagradou os trabalhadores é o fim da bonificação das hora in itinere , que é  tempo gasto pelo empregado em transporte de ida e volta, até o local de trabalho e que antes era acrescentado ao salario do trabalhador.

Uma boa opção que a reforma trabalhista trouxe aos trabalhadores e a oportunidade de parcelamento das férias .O trabalhador poderá sair de férias até três vezes no ano, desde que um dos períodos seja maior que 14 dias e os outros dois tenham, no mínimo, cinco dias cada um. Antes, as férias só podiam ser fracionadas em até dois períodos.