Tempo seco e queimadas: doenças respiratórias e problemas cardíacos aumentam


← Voltar para as Notícias




Postado em 29 de julho de 2020 às 15:29


O clima seco que atinge toda a nossa região merece atenção, aliado as inúmeras queimadas que ocorrem em terenos ou áreas rurais que margeiam a cidade, essa condição eleva a concentração de poluentes, e pode aumentar em 50% o risco cardíaco de pessoas com alguma vulnerabilidade. O risco aumenta porque para manter a pressão arterial com esses vasos dilatados, o coração precisa trabalhar e bater mais forte, fazendo mais esforço, os poluentes do ar promovem uma irritação no pulmão.

A desidratação pelo ar seco também preocupa, pois quando a umidade do ar está baixa, o pulmão continua necessitando de um ar com 100% de saturação. É importante saber que a desidratação traz, também, outras consequências graves, como maior risco de trombose e sobrecarga ao coração. Com isso, o coração se vê obrigado a trabalhar mais depressa.

Sobre o assunto a Rádio Gazeta Fm conversou com o Neurologista – Dr. Bianco, ouça a entrevista:

Tempo seco e atividade física! Cuidado redobrado!

Praticar atividade física ao ar livre durante os dias com ar seco e grande concentração de poluição exige uma hidratação maior que o normal. O ideal é só praticar exercícios ao ar livre antes das 8h e depois das 19h.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a umidade do ar ideal compreende a faixa entre 50 e 80%. Entretanto, em algumas épocas do ano, como no inverno, ela tende a cair, inclusive, abaixo de 30%.

A baixa umidade também causa desconforto, mas algumas atitudes podem ajudar a diminuir os problemas causados pela falta de chuva.

Dicas para amenizar os desconfortos causados pela baixa umidade relativa do ar:

  • • Ingerir bastante líquido
  • • Espalhar panos ou baldes com água em ambientes da casa, principalmente no quarto, ao dormir, ou utilizar umidificadores de ar
  • • Evitar carpetes ou cortinas que acumulem poeiras
  • • Evitar roupas e cobertores de lã ou com pelos
  • • Evitar exposição prolongada à ambientes com ar condicionado
  • • Manter a casa higienizada, arejada e ensolarada
  • • Lavar nariz e olhos com soro fisiológico algumas vezes ao dia
  • • Trocar comidas com muito sal ou condimentos por alimentos mais saudáveis
  • • Evitar exercícios físicos entre às 10 horas da manhã e às 05 horas da tarde